terça-feira, 31 de agosto de 2010

Domínios Morfoclimáticos - Resumo

O Brasil é um país tropical de grande extensão territorial. Sua geografia é marcada por grande diversidade. A interação e a interdependência entre os diversos elementos de sua paisagem (relevo, clima, vegetação, hidrografia, solo, fauna etc.) explicam a existência dos chamados domínios geoecológicos.

Dos elementos naturais, os que mais influenciam na formação de uma paisagem natural são o clima e o relevo. Ambos interferem e condicionam os demais elementos, embora sejam também por eles influenciados. A cobertura vegetal que mais marca o aspecto visual de cada paisagem, é o elemento natural mais frágil e dependente dos demais.

Os domínios geoecológicos podem ser compreendidos como a combinação ou síntese dos diversos elementos da natureza, em uma determinada porção do território. Assim sendo, reconhecemos, no Brasil, a existência de seis grandes paisagens naturais:

Domínio Amazônico
Domínio das Caatingas
Domínio dos Cerrados
Domínio dos Mares de Morros
Domínio das Araucárias
Domínio das Pradarias.

Entre os seis grandes domínios acima relacionados, encontram-se inúmeras faixas de transição. Nelas, são identificados elementos típicos de dois ou mais deles. O Pantanal e o Agreste são exemplos dessas faixas de transição.

Geografia
Os Domínios Morfoclimáticos do Brasil

Domínio amazônico


O domínio amazônico é formado por terras baixas: depressões, planícies aluviais e planaltos, cobertos pela extensa floresta latifoliada equatorial Amazônica. É banhado pela Bacia Amazônica, que se destaca pelo grande potencial hidrelétrico.

A degradação ambiental, representada pelas queimadas e pelos desmatamentos, é um grava problema desse domínio. O governo brasileiro, por meio do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais do Brasil, pretende adotar atividades como o ecoturismo e a biotecnologia, para promover o desenvolvimento da Amazônia, preservando-a.

Domínio do cerrado

O domínio do cerrado corresponde à área do Brasil Central e tem essa denominação devido à ocorrência de vegetação o mesmo nome. Apresenta extensos chapadões e chapadas, e o clima é tropical semi-úmido.

A vegetação do cerrado é formada por arbustos com troncos e galhos retorcidos, recobertos por casca grossa. Os solos são pobres e ácidos, mas colocando-se calcário no solo (método da calagem), estão sendo aproveitados pelo setor agrícola. Já é considerada a nova fronteira da agricultura, pois representa a expansão do cultivo da soja, feijão, arroz e outros produtos.
Nesse domínio estão as áreas dispersoras da Bacia do Paraná, do Paraguai, do Tocantins e do Madeira, entre outros rios destacáveis.

Domínio dos mares de morros

O domínio dos mares de morros acompanha a faixa litorânea do Brasil desde o Nordeste até o Sul do país. Caracteriza-se pelo relevo com topografia em "meia-laranja" (mamelonares ou mares de morros), formados por intensa ação erosiva na estrutura cristalina das Serras do Mar, da Mantiqueira e do Espinhaço.

Nele, predomina o clima tropical quente e úmido, caracterizado pela floresta latifoliada tropical. Na encosta da Serra do Mar essa floresta é conhecida como Mata Atlântica.
Em conseqüência da forte ocupação humana, essa paisagem sofreu grande degradação. Além do desmatamento, esse domínio sofre intenso processo erosivo (relevo acidentado e clima úmido), com deslizamentos freqüentes e formação de voçorocas.

Domínio da caatinga

O domínio da caatinga corresponde à região da depressão sertaneja nordestina, com clima quente e semi-árido. A caatinga, formada por cactáceas, bromeliáceas e árvores, é a vegetação típica.

O extrativismo vegetal de fibras, como o caroá, o sisal e a piaçava, destaca-se nesse domínio.

É atravessado pela bacia do São Francisco e tem destaque pelo aproveitamento hidrelétrico. Os projetos de irrigação no seu vale propiciam a produção de frutas (melão, manga, goiaba, uva, por exemplo).

A tradicional ocupação da caatinga é a pecuária extensiva de corte, porém com baixo aproveitamento.

No domínio da caatinga, aparecem os inselbergs, ou morros residuais, resultantes do processo de pediplanação em clima semiárido.

Domínio da araucária

O domínio da araucária ocupa o planalto da Bacia do Rio Paraná, onde o clima subtropical está associado às médias altitudes, entre 800 e 1300 metros. Nesse domínio aparecem áreas com manchas de terra roxa, como no Paraná. É homogênea, aciculifoliada e tem grande aproveitamento de madeira e erva-mate.

A floresta de araucária também é conhecida como Mata dos Pinhais.

Nesse domínio, a devastação a floresta é causada pela intensa ocupação agrária, especialmente a agricultura de café e soja.

Domínio das pradarias

O domínio das pradarias é representado pelo Pampa, ou Campanha Gaúcha, onde o relevo é baixo, com suaves ondulações (coxilhas) e coberto pela vegetação herbácea das pradarias (campos).

A ocupação econômica desse domínio tem-se efetuado pela pecuária extensiva de corte, com gado tipo europeu, obtendo altos rendimentos. Destaca-se, também, a rizicultura irrigada.

34 comentários:

  1. mto bom me ajudou mto obg

    ResponderExcluir
  2. tbm acho very good

    ResponderExcluir
  3. Adorei, ótimo resumo.

    ResponderExcluir
  4. Me ajudo muito pq não tenho paiencia de fica lendo aueles textos enormes de grande.

    ResponderExcluir
  5. wazzzzzzzzaaaaaap! mt gostoso esse resumo, um cheiro na nuca professor Bosco! schwaap

    ResponderExcluir
  6. - Ajudou bastante. *-*

    ResponderExcluir
  7. Uuuuuufá meeu , muito bacana, deu uma bela de uma lambida naqueles textos enormes, ameeir *--* Pôow

    ResponderExcluir
  8. Ótimo resuuumo!! vai me ajudar muito eu acho,na prova que tenho sobre isso hoje rsrs obrigada.

    ResponderExcluir
  9. achei esse blog super legal me ajudou muito no meu trabalho de geogrfia

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  11. gostei muito mais n sei se é so isso que quero , mais esta otimo e obrigado .

    ResponderExcluir
  12. gostei bastante, me ajudou no meu trabalho!!

    ResponderExcluir
  13. Caramba, muito bom esse resumo, vou brocar na prova(espero)!!!

    ResponderExcluir
  14. me ajudou pra caralho essa porra

    ResponderExcluir
  15. foi muito bom vou tirar 100

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  18. muito bom que pena que esse blog não tem template

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  20. BOA NOITE PROFESSOR!
    SEU BLOG É EXCELENTE E AJUDOU MUITO MEU FILHO E SEU COLEGA COM A APRESENTAÇÃO DE UM TRABALHO. MUTO OBRIGADA POR COMPARTILHAR SEU CONHECIMENTO CONOSCO!
    BEIJOS JOSINHA!

    ResponderExcluir
  21. gostei mt desses resumos,me ajudou bastante!!!amei

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  24. Mto interessante a exposição dos dados. Bem resumido, parabéns!
    Mas, e as fontes? Elas são algo indispensável, pois senão, isto pode ser considerado plágio!

    ResponderExcluir
  25. MUito maravilhooso de se ler, seu blog estar de parabéns

    ResponderExcluir
  26. haha, tive que comentar , muito bom ;;)

    ResponderExcluir
  27. Muito bom, ajudou muito na prova!

    ResponderExcluir
  28. valeu ajudou no dever da PORRA da Isaura (Prof de Geo)

    ResponderExcluir
  29. Noooooooooooss' Ajudo de maais! Vlw :*

    ResponderExcluir
  30. Ajudou muiti valel mesmo :)

    ResponderExcluir
  31. vo tira 10 no meu trabalho escolar :)

    ResponderExcluir